Estreias da semana

Uma semana cheia de estreias para todos os gostos.

Ponyo
Nova animação japonesa do mesmo criador do fabuloso “A Viagem de Cihiro”, Hayao Miyazaki. Tradicional, tudo não mão em aquarela, sem computador e com toda aquela poesia que as animações da terra do sol nascente sempre trazem com ela. Não deixe para DVD e vá ao cinema ver o visual estonteante e a história sensível. trailer

Salt
Filme de ação estrelando Angelina Jolie onde ela tem que provar sua inocência, enquanto é acusada de ser uma espiã russa (e nesse meio tempo revirar tudo do avesso com um monte de explosões, perseguições e tiros). Talvez ainda, o nome de Phyllip Noice na direção, com sua filmografia de filmes de ação “competentes” ajude mais a carregar o filme, mas só na vá esperando nada muito mais que isso ou vai dar com os burro n’agua (bom, talvez até seja surpreendido com uma reviravolta no final). site oficial crítica do Cinemaqui

Uma Noite em 67
Não só um documentário sobre um festival de música em 1967, mas, muito mais do que isso, um retrato de um momento único da música popular brasileiro no meio de uma ditadura e de uma necessidade, quase natural, de dar um salto para uma nova época. História brasileira em prosa, verso e música. site oficial

Um Novo Caminho
Drama francês que só estreia em São Paulo e Rio de Janeiro, sobre um homem que precisa ultrapassar as barreiras do alcoolismo e encontrar uma nova vida depois disso. A trama pode parece batida, mas exala uma frescor sensível (que geralmente o cinema Frances tem quando decide ser ele mesmo). Talvez aquele respiro de estreia para quem está a procura de algo diferente. trailer

Todo Poderoso: O Filme – 100 Anos de Timão
Documentário pretencioso que só vai agradar aos torcedores do time. Além de termos que dar o braço a torcer para a dupla de diretores Ricardo Aindar e André Garolli, além do roteirista Celso Dário Unzelte, por terem conseguido encher lingüiça suficiente para cem minutos de filme, já que, provavelmente, a duração apropriada (com todos seus títulos etc) talvez o credenciasse a partipar do Festival do Minuto, ou no máximo de alguma mostra de curta-metragens trailer

*como sempre pode haver qualquer mudança e essas são de responsabilidade das distribuidoras.

O flamenguista Vinicius Carlos Vieira é editor do Cinemaqui e também pode ser encontrando nesse ou nesse twitter.

0 Pessoas comentaram:

Postar um comentário

Próximas Anteriores Ínicio